Em um mundo de mudanças, certas necessidades não mudam.
Jornalistas profissionais para relatar fatos.
Linguistas profissionais para traduzi-los.


O que fazemos

O que fazemos


A T4J é um marketplace multilíngue que permite que jornalistas profissionais comprem e vendam conteúdo traduzido por linguistas profissionais de acordo com o preço local.

É composto por uma rede de linguistas em 181 países, com experiência de longa data na tradução de matérias de imprensa em 67 idiomas.

Visando qualidade, os linguistas da T4J apenas traduzem para seus idiomas nativos.

Os linguistas da T4J traduzem matérias disponíveis nos meios de comunicação por um preço simbólico.

Como funciona

Como funciona


Os tradutores da T4J monitoram mídia online que esteja em seu idioma de trabalho e localizam matérias que possam interessar aos jornalistas estrangeiros.

Com a permissão dos responsáveis, a T4J traduz e publica trechos relevantes dos mesmos.

Os jornalistas estrangeiros optam se querem comprar a tradução completa.

Os compradores recebem a(s) matéria(s) traduzida(s) após o pagamento ser recebido.

Quanto custa

Quanto custa


Após criar uma conta, os usuários podem acessar trechos das matérias traduzidas gratuitamente.

O preço da tradução completa de cada matéria é indicado logo abaixo do trecho.

Os linguistas da T4J especificam o preço da tradução de acordo com o mercado interno, o que melhora o preço para os compradores.

Em média, traduzir uma matéria custa 50% a menos que escrevê-la.


 Por que fazemos

Por que fazemos


1. Porque os jornalistas precisam de conteúdo confiável e as matérias da T4J são escritas por outros jornalistas.

2. Porque jornalistas precisam de conteúdo novo e as matérias da T4J são escritas por jornalistas estrangeiros.

3. Porque jornalistas precisam de novas fontes de renda e as matérias da T4J podem ser vendidas mundialmente.

4. Porque a liberdade mais importante, e também a mais vulnerável, é a de expressão.



Naseeb Karnafah


No dia de inauguração do Translators for Journalists, o corpo de Naseeb Karnafah, jornalista líbia da Al Wataniya TV, foi encontrado em um cemitério em Sabha, com a garganta cortada, dois dias após seu sequestro.

Ajmal Naqshbandi


Os tradutores compartilham os mesmos ideais e as mesmas experiências difíceis que os jornalistas para quem trabalham. Ajmal Naqshbandi foi um guia afegão que conseguiu contatos locais para mídia internacional. No dia 8 de Abril de 2007, ele foi decapitado por integrantes do Taliban.